Eleições diretas no Judiciário
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
3/4/2014 - Assetj / Por José Gozze
 

Antecipando-se a uma possível mudança pelo Legislativo ou mesmo pelo Conselho Nacional de Justiça, a Associação dos Magistrados Brasileiros defende eleições diretas para a Presidência dos Tribunais de Justiça Estaduais. O Presidente Nalini, eleito para o biênio 2014/2015 pelos Desembargadores, se declara simpático a idéia.

Para os incautos fica a percepção de que tudo está mudando, a democracia abraçou o Judiciário. Ledo engano. A tal eleição direta só será para acrescentar os juízes. AMB defende essa ideia como se as Entidades de Magistrados, associações civis, pudessem se misturar com a Instituição Poder Judiciário. Entre a defesa dos interesses institucionais dos magistrados que é obrigação de suas Entidades de Classe, a defesa de todos os trabalhadores da Instituição Poder Judiciário e até do Cidadão que paga impostos para manter esse poder e confiar nas suas decisões há uma enorme distância.

Somos favoráveis a eleição direta e por eleição direta entendemos no mínimo a participação de todos os servidores do Judiciário e melhor se estendessem à toda população do Estado.

Eleições diretas sim, gerais, sem medo. Os servidores do Judiciário e os Magistrados saberão direcionar seus votos elegendo Magistrados com sensibilidade política e administrativa, mudando positivamente a imagem do Judiciário Brasileiro.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Filiada à:
            
 
 
Links úteis:
        
      
 
 
 
Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
Rua Tabatinguera, 91 - São Paulo - SP - Cep 01020-001 - Fone: (11) 3291-4077
 
 
Agenda eletrônica