Tribunais têm até 30 de agosto para enviar ao CNJ dados sobre precatórios
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
26/8/2014 - Agência CNJ de Notícias / Por Fernanda Melazo
 

DIVULGAÇÃO

Termina em 30 de agosto o prazo para que os tribunais federais, estaduais e trabalhistas enviem ao Sistema de Gestão de Precatórios (SGP) informações sobre a dívida total de União, estados, Distrito Federal e municípios com precatórios. Essa é a data prevista no primeiro parágrafo do artigo 1º da Resolução nº 115 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que trata da Gestão de Precatórios no âmbito do Poder Judiciário.

“Temos de cumprir a Resolução nº 115 e dar transparência ao estoque de dívidas com precatórios”, afirmou a conselheira Ana Maria Amarante, presidente do Fórum Nacional de Precatórios (Fonaprec), durante sessão do colegiado ocorrida na última semana, na sede do CNJ, em Brasília/DF. 

A Resolução nº 115, instituída em 29 de junho de 2010, criou o SGP para centralizar as informações sobre precatórios expedidos por todos os órgãos do Poder Judiciário. O sistema é alimentado com dados repassados pelos tribunais e tem o objetivo de traçar um mapa anual sobre a situação dos precatórios da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. 

Segundo a resolução, a cada ano os tribunais devem repassar as informações ao SGP até o dia 30 de agosto. “Esses dados são essenciais para a elaboração do mapa anual, que é um subsídio importante para que o CNJ formule estudos e políticas adequadas ao desenvolvimento do Poder Judiciário. Não podemos recuar da Resolução nº 115”, disse a conselheira.

A fim de apoiar os tribunais no cumprimento do prazo para o envio das informações, o CNJ está aprimorando o sistema tecnológico para o recebimento dos dados. Uma equipe foi escalada especialmente para dar suporte aos tribunais que tenham dificuldades no envio das informações. “Após o dia 30 de agosto, iremos aos tribunais que não enviaram os dados para oferecer nossa ajuda nessa iniciativa”, afirmou Ana Maria Amarante.

Fonaprec – Durante a sessão de quarta-feira, o fórum recebeu proposta de minuta de nova resolução sobre precatórios, com várias sugestões de gestores dos tribunais. E agendou uma reunião para ouvir credores e devedores sobre o assunto. “Dessa maneira, poderemos construir um texto dialético, seguro e que leve em conta todas as repercussões sociais e econômicas que o assunto requer”, afirmou o secretário-geral do Comitê Nacional do Fonaprec, Lizandro Garcia. Nova sessão extraordinária foi designada para os dias 3 e 4 de setembro.

Na reunião, o Fonaprec também discutiu o relatório final do Grupo de Estudos sobre Doenças Graves, que inclui proposta de regulação para o pagamento preferencial de parte do crédito de precatórios aos credores portadores de doença grave. Atualmente, há uma lista que enumera 15 enfermidades: tuberculose ativa, alienação mental, neoplasia maligna, cegueira, esclerose múltipla, hanseníase, paralisia irreversível e incapacitante, cardiopatia grave, doença de Parkinson, espondiloartrose anquilosante, nefropatia grave, estado avançado da doença de Paget (osteíte deformante), contaminação por radiação, Aids e hepatopatia grave, além de incluir igualmente as doenças profissionais incapacitantes.

Presidida pela conselheira Ana Maria Amarante, a reunião contou com a participação do conselheiro Guilherme Calmon, do ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST) Ives Gandra da Silva Martins Filho (membro do Comitê Nacional do Fonaprec e idealizador do fórum), do secretário-geral do Comitê, Lizandro Garcia, e do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marco Antonio Innocenti, entre outros integrantes do fórum. 

Dívida - De acordo com relatório de Acompanhamento de Cumprimento de Decisão (Cumprdec), elaborado pelo conselheiro Fabiano Silveira (relator do Cumprdec), a dívida total da União, dos estados e dos municípios com precatórios até junho deste ano atingiu R$ 97,3 bilhões. A maior dívida é dos estados e alcança R$ 52,7 bilhões nos tribunais federais, estaduais e trabalhistas. Só a dívida de São Paulo é de R$ 21,4 bilhões. A dívida dos municípios é de R$ 43,7 bilhões e a da União, de R$ 935 milhões. 

 

Fernanda Melazo

Agência CNJ de Notícias

 
 
 
20/3/2019 - Carta Capital
Assetj presente no lançamento da Frente Parlamentar em Defesa da Previdência

Trinta senadores e noventa deputados assinaram o texto até agora, além de mais de 100 entidades de classes

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
21/3/2019 - Assetj
Tribunal divulga índice de reposição salarial: 3,94%

Estaremos na Praça discutindo os itens da Campanha Salarial e exigindo o pagamento dos 16,89% que são devidos aos servidores. 

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
23/3/2019 - Assetj
Em assembleia, servidores aprovam pauta reivindicatória de 2019

 Os mais de 300 servidores do Poder Judiciário aprovaram nesta sexta-feira a pauta reivindicatória, que será protocolada pela Fespesp no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo na próximo dia 25.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
20/3/2019 - Assetj
Assetj realiza 29ª Edição dos Jogos do Judiciário

Assetj realizou a 29ª edição dos Jogos do Judiciário, levando cerca de 200 participantes para a Praia Grande.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
23/3/2019 - Fespesp
Brasileiros unidos contra a Reforma da Previdência---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
11/3/2019 - Frente Paulista em Defesa da Previdência Social
Lançamento da Frente Paulista em Defesa da Previdência Social

O evento aconteceu na Câmara Municipal de São Paulo, Plenário Prestes Maia e contou com a presença de representantes de associações, sindicatos, federações, confederações, movimentos e centrais do serviço público e trabalhadores do regime geral.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
23/3/2019 - Assetj
Frente Paulista realizará Audiência Pública contra a Reforma da Previdência

Todas entidades e movimentos estão convidados e devem levar o maior número de membros da sua base.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Filiada à:
            
 
 
Links úteis:
        
      
 
 
 
Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
Rua Tabatinguera, 91 - São Paulo - SP - Cep 01020-001 - Fone: (11) 3291-4077
 
 
Agenda eletrônica
 
 25 Março
Audiência Pública da Frente Paulista
----------------------------------------------
 4 Abril
Almoço dos Aposentados
----------------------------------------------
 10 Maio
Assembleia Geral dos Servidores
----------------------------------------------