Raios: Verdades e prevenção
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
30/12/2014 - Assetj / Por Marianna Oliveira
 

Na última segunda-feira de 2014, a tempestade em São Paulo deixou a cidade em estado total de alerta. Foi confirmado pela rede de detecção de raios, Earth Networks, que durante o temporal mais de dois mil raios acompanharam a forte chuva na capital paulista. 

Além das 216 árvores derrubadas pelo fenômeno, quatro banhistas morreram na Praia Grande, litoral sul de São Paulo, após serem atingidas por um raio.

O raio é uma descarga elétrica que acontece, na maioria das vezes em tempestades, entre a nuvem cheia de eletricidade (partículas negativas) e o ponto mais próximo do solo (partículas positivas). Um fenômeno dessa origem possui uma potência média de 15.000 ampéres, ou seja, aproximadamente 30 milhões de volts.

Geralmente, os pára-raios receberem essas descargas e as desviam pelo solo sem causar nenhum dano às residências. Na falta do pára-raios, os raios podem ser descarregados em árvores isoladas, áreas rurais e descampadas, postes e até mesmo em pessoas que estejam trabalhando próximas a estruturas de metais.

Por mais que pareça seguro, ficar em casa durante as tempestades requer uma série de cuidados. Manter-se longe de portas e janelas é um deles. Além disso, não retire ou coloque roupa em varais de arame durante a chuva; não utilize aparelhos eletrodomésticos e deixe-os desligado das tomadas; desconecte da antena externa a televisão; use o telefone apenas em uma emergência, pois os raios podem alcançar a linha telefônica aérea. 

Se você estiver em passeios em praias, florestas ou lugares isolados, não manipule materiais inflamáveis em locais abertos; em casos de estar dentro de automóveis permaneça dentro do veículo, eles oferecem uma boa proteção contra os raios; fique distante de árvores isoladas e altas. Com mau tempo, evite picos desprotegidos, campos abertos ou mesmo praias e piscinas. Procure refúgio dentro de edifícios ou em lugares baixos.  

Nessa época de calor, é provável que haja mudanças na previsão do tempo, principalmente no fim da tarde quando ocorrem as maiores trovoadas. Por isso, tenha sempre um “plano de fuga” para qualquer atividade ao ar livre (caminhada à beira da praia e/ou esportes na areia). Em casos de travessias de barcos, redobre a atenção! As canoas são um dos lugares mais expostos que existem.  

Outra dica importante diz respeito ao aglomerado de pessoas afetadas por uma corrente. Nunca forme grupos afim de se “esconder” de um raio. As descargas elétricas podem passar de uma pessoa para a outra sem que elas se toquem. É comum levar à praia armações de tendas e barracas, mas tome cuidado. Objetos metálicos são bons condutores e por isso, o ideal é manter-se afastado deles. 

Para curtir o seu verão sem preocupações, siga as dicas de prevenção contra raios e certifique-se de que a tempestade realmente passou antes de prosseguir seu passeio. 

Bom verão! 

 
 
 
19/9/2019 - Assetj
Servidores pressionam juízas do TJSP pelo pagamento de atrasados e nomeação de concursados---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
25/9/2019 - Pública Central do Servidor
STF decide: “Não cabe indenização por falta de revisão de vencimentos”---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
22/9/2019 - Pública Central do Servidor
Reformas sob a perspectiva do Presidente da Pública, José Gozze---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
30/9/2019 - Assetj
Audiência Pública contra o PL 899/2019 na Alesp

De iniciativa do deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL) e do presidente da Pública, José Gozze, a Audiência Contra o Calote dos Precatórios foi realizada na noite desta segunda-feira (30), no Plenário José Bonifácio da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
5/10/2019 - Assessoria da Deputada Alice Portugal
Bolsonaro é desmentido por Servidores públicos---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
7/10/2019 - CNSP
Vitória da CNSP no STF: Índice de correção de precatórios a partir de junho de 2009 será o IPCA-E---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
2/10/2019 - Pública Central do Servidor
Lewandowski suspende contribuição sindical patronal e de trabalhadores---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Filiada à:
            
 
 
Links úteis:
        
      
 
 
 
Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
Rua Tabatinguera, 91 - São Paulo - SP - Cep 01020-001 - Fone: (11) 3291-4077
 
 
Agenda eletrônica
 
 28 Outubro
Dia do Servidor Público
----------------------------------------------