Assetj ganha em segunda instância a isenção do IR sobre o terço de férias
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
26/3/2015 - Assetj / Por Janaina Marquesini
 
FOTO DIVULGAÇÃO

O departamento jurídico da Assetj anunciou vitória em segunda instância da ação movida contra a Fazenda Pública do Estado de São Paulo. Se o órgão não entrar com recurso até o dia 07 de abril, todo associado poderá se beneficiar da isenção do Imposto de Renda (IR) sobre o terço constitucional de férias. Os sócios poderão ainda receber a restituição dos valores descontados nos últimos cinco anos, contando a partir do ingresso da ação em 21 de fevereiro de 2014.

Mesmo com a decisão favorável aos sócios, ainda cabe recurso especial para STJ e o extraordinário para o STF. Até o trânsito em julgado (quando não couber mais recurso), todos que se associarem à Assetj serão beneficiados pela decisão.

A possibilidade, concedida por decisões de primeira e segunda instâncias, está sendo discutida de forma polêmica em várias áreas serviço público, como explica o presidente da Assetj, José Gozze: “sempre que percebemos alguma injustiça contra o servidor tomamos providências imediatamente. Muitas entidades já foram beneficiadas com o ganho dessa ação e não vamos deixar nossos sócios de fora da decisão”.

O argumento para ilegalidade da cobrança é forte, pois o objetivo do terço de férias é indenizar o servidor depois de um ano de trabalho para descansar, sem impacto nas despesas do dia-a-dia.

Na ação, a Assetj pede que seus associados não recolham o imposto - com alíquota de até 27,5% - correspondente a um terço do salário e ainda que seja restituído os valores cobrados nos últimos cinco anos. Atualmente, o percentual é retido na fonte pelos empregadores.

 
 
 
10/6/2019 - Celso Giannazi
Assetj participa de debate A Farsa da Previdência---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6/6/2019 - Assetj
Servidores de Ribeirão na luta pela Reposição Salarial---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6/6/2019 - Assetj
Pública participa de Plenária preparatória da Greve Geral---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
4/6/2019 - Assetj
TJSP abre inscrições para remoção---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
26/6/2019 - Assetj
Audiência Pública discute Reforma da Previdência

A luta é para que essa Reforma não seja votada.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
31/5/2019 - Assetj
Servidora morre durante expediente no Fórum de Sorocaba---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
4/6/2019 - Assetj
Assetj participa de Sessão Solene no Dia do Escrevente---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
29/5/2019 - Pública Central do Servidor
Fonacate protocola 10 emendas à PEC da Reforma da Previdência

Desconstitucionalização das regras previdenciárias, idade mínima, regras de transição, pensão por morte, alíquotas de contribuição dos servidores públicos são alguns temas das emendas elaboradas pelo Fórum.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Filiada à:
            
 
 
Links úteis:
        
      
 
 
 
Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
Rua Tabatinguera, 91 - São Paulo - SP - Cep 01020-001 - Fone: (11) 3291-4077
 
 
Agenda eletrônica