Estenotipistas e pesquisadores: igualdade de direitos e pagamento de atrasados
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
31/3/2013 - Sylvio Micelli / Por José Gozze, presidente da Assetj
 
FOTO DIVULGAÇÃO

Uma das premissas mais perseguidas pela Assetj é a árdua defesa dos direitos do servidor. Não importa se estão na ativa, aposentados ou pensionistas. Entendemos que nossa luta defende e garante toda família forense e não admitimos que qualquer servidor tenha tratamento desigual. Por essa razão estamos mais uma vez brigando por justiça, dessa vez em defesa dos estenotipistas e pesquisadores.

Foi aprovado no Legislativo de São Paulo o PLC 05/2013, que institui reajustes salariais incididos sobre a gratificação para o exercício de atividades especiais de pesquisador e de estenotipista. O projeto foi aprovado no dia 27 de março pelo Congresso de Comissões da Assembléia Legislativa de São Paulo.

Pela defesa dos direitos dos servidores não poderíamos ficar alheios às diferenças de tratamento a essas carreiras do Tribunal de Justiça de São Paulo. Defendemos a aprovação do PL por uma questão de igualdade de direitos.

Toda vez que o Tribunal dá aumento via gratificação judiciária, essas funções perdem no cálculo por não terem o reajuste incidido sobre a gratificação específica da função. Nesses casos os cálculos continuam fixos e sem reajuste. Com o PLC5/2013 ficará autorizado que o reajuste recaia também para essa gratificação específica. Sem isso o salário dessas categorias não acompanham a reposição de 6,5%, o que torna injusta a aplicação das conquistas de campanhas salariais para esses servidores.

É de suma importância a aprovação do Projeto de Lei Complementar, mas não só isso. Temos que exigir que seja feita a compensação dos anos que essas funções não receberam reajuste, é justo que esses servidores recebam os atrasados e vamos lutar e trabalhar forte para que sejam feitos os acertos.

 
 
 
2/8/2019 - Pública Central do Servidor
Sessão Solene em homenagem aos 4 anos da Pública---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Filiada à:
            
 
 
Links úteis:
        
      
 
 
 
Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
Rua Tabatinguera, 91 - São Paulo - SP - Cep 01020-001 - Fone: (11) 3291-4077
 
 
Agenda eletrônica