Comissão de Orçamento do TJ: pagamento de progressão e orçamento
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
18/7/2016 - Assetj / Por Sylvio Micelli
 
FOTO RENAN ROQUE
Assetj foi representada pelo vice-presidente Sylvio Micelli

Aconteceu na tarde desta quinta-feira, 14 de julho, no Palácio da Justiça, na Capital, uma reunião da Comissão de Orçamento e Finanças do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo com participação de entidades representativas dos servidores e membros do Órgão. A Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (Assetj) foi representada pelo seu vice-presidente, Sylvio Micelli. O TJ-SP foi representado pelos juízes assessores da presidência, doutores Fernando Bartoletti e Fernando Awensztern Pavlovsky; pela secretária do SPRH (Secretaria de Planejamento de Recursos Humanos desenvolve a Política de Recursos Humanos), Lilian Salvador; por membros da SOF (Secretaria de Orçamento e Finanças), Elisa Mitsiko Matsuse e da SGRH (Secretaria de Gerenciamento de Recursos Humanos), Lia Maris Conde Pesce Rodrigues.

Fernando Bartoletti informou que o presidente do TJ-SP, desembargador Paulo Dimas de Bellis Mascaretti, autorizou o pagamento da progressão referente aos anos de 2014 e 2015. A previsão é que seja quitado entre os meses de outubro (2014) e dezembro (2015). Os atrasados ficam para pagamento oportuno, mediante suplementação orçamentária.

Sobre o índice de 4% referentes à complementação do INPC do ano (reposição de 11,08%, sendo que a concessão foi 7,08%), e o pagamento dos atrasados, o TJ-SP voltou a argumentar que não dispõe de recursos, sendo necessária a suplementação de verbas por parte do Executivo. Informou, ainda, que para o Orçamento de 2017 estão inseridos todos os itens devidos aos servidores e cobrados pelos representantes. A peça orçamentária do TJ-SP deve bater na casa dos R$ 20 bilhões para o próximo ano. 

Ainda sobre esta questão, Bartoletti afirmou que o TJ-SP está fazendo todas as gestões no sentido de evitar cortes orçamentários como tem ocorrido nos últimos anos. Segundo ele a peça orçamentária é "completa e verdadeira" e mostra um "quadro completo sobre o que o estado deve a servidores e magistrados", ponderou.

Em relação aos percentuais devidos de outros anos (4,77% [março a novembro de 2010] e 1,5% [março a agosto de 2011] foi apresentada a possibilidade de transformação em horas credoras, ficando facultativo a cada servidor a opção de recebimento em pecúnia ou gozo. Isso deverá ser objeto de estudos por parte da Comissão.

Nova reunião está marcada para agosto, que ocorrerá após ser dada publicidade à peça orçamentária de 2017, o que deve ocorrer até o final deste mês.

 

 
 
 
10/6/2019 - Celso Giannazi
Assetj participa de debate A Farsa da Previdência---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6/6/2019 - Assetj
Servidores de Ribeirão na luta pela Reposição Salarial---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6/6/2019 - Assetj
Pública participa de Plenária preparatória da Greve Geral---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
4/6/2019 - Assetj
TJSP abre inscrições para remoção---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
26/6/2019 - Assetj
Audiência Pública discute Reforma da Previdência

A luta é para que essa Reforma não seja votada.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
31/5/2019 - Assetj
Servidora morre durante expediente no Fórum de Sorocaba---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
4/6/2019 - Assetj
Assetj participa de Sessão Solene no Dia do Escrevente---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
29/5/2019 - Pública Central do Servidor
Fonacate protocola 10 emendas à PEC da Reforma da Previdência

Desconstitucionalização das regras previdenciárias, idade mínima, regras de transição, pensão por morte, alíquotas de contribuição dos servidores públicos são alguns temas das emendas elaboradas pelo Fórum.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Filiada à:
            
 
 
Links úteis:
        
      
 
 
 
Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
Rua Tabatinguera, 91 - São Paulo - SP - Cep 01020-001 - Fone: (11) 3291-4077
 
 
Agenda eletrônica