Assetj ganha liminar contra reajuste abusivo da Unimed
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
9/8/2016 - Assetj / Por Marianna Oliveira
 
FOTO DIVULGAÇÃO

A Assetj ganhou ontem (8), em 1ª instância, uma liminar contra o reajuste de 54% imposto pela empresa de assistência médica Unimed. O texto da ação diz que a Unimed não possui elementos que justifiquem a cobrança do percentual para a manutenção do contrato.  

Desde o início das negociações, a Assetj se fez contrária aos valores exorbitantes a serem cobrados e informou à empresa que só seria aceito um reajuste de, no máximo, 18%. Em contrapartida, a operadora informou que não seria possível uma correção abaixo de 36%. 

De acordo com a legislação, os planos de saúde coletivos não se aplicam o índice da Agência Nacional de Saúde (ANS), porém, neste caso, ficou determinado que a Unimed deverá seguir o índice da ANS que é de 13,57%, uma vez que empresa de assistência médica não justifica necessidade de um aumento demasiado.

Clique aqui e leia a liminar na íntegra.

 

 

 
 
 
19/9/2019 - Assetj
Servidores pressionam juízas do TJSP pelo pagamento de atrasados e nomeação de concursados---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
25/9/2019 - Pública Central do Servidor
STF decide: “Não cabe indenização por falta de revisão de vencimentos”---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
30/9/2019 - Assetj
Audiência Pública contra o PL 899/2019 na Alesp

De iniciativa do deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL) e do presidente da Pública, José Gozze, a Audiência Contra o Calote dos Precatórios foi realizada na noite desta segunda-feira (30), no Plenário José Bonifácio da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
22/9/2019 - Pública Central do Servidor
Reformas sob a perspectiva do Presidente da Pública, José Gozze---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
7/10/2019 - CNSP
Vitória da CNSP no STF: Índice de correção de precatórios a partir de junho de 2009 será o IPCA-E---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
5/10/2019 - Assessoria da Deputada Alice Portugal
Bolsonaro é desmentido por Servidores públicos---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
2/10/2019 - Pública Central do Servidor
Lewandowski suspende contribuição sindical patronal e de trabalhadores---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Filiada à:
            
 
 
Links úteis:
        
      
 
 
 
Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
Rua Tabatinguera, 91 - São Paulo - SP - Cep 01020-001 - Fone: (11) 3291-4077
 
 
Agenda eletrônica
 
 28 Outubro
Dia do Servidor Público
----------------------------------------------