Nível Universitário para escreventes é discutido em reunião com TJSP
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
15/8/2016 - Assetj / Por Janaína Marquesini
 
FOTO JANAINA MARQUESINI
TJSP e Comissão dos Escreventes voltarão a se reunir em 15 de setembro, às 14 horas para andamento neste assunto

A Assetj e demais entidades representativas do Judiciário participaram na última sexta-feira (12) de uma reunião promovida pela Comissão dos Escreventes para tratar do nível universitário para o cargo.

O encontro aconteceu entre a Comissão e a assessoria da presidência do TJSP no Palácio da Justiça. O principal objetivo  foi o início de um estudo para um Projeto de Lei para instalar o nível universitário para os escreventes com um planejamento real de aprovação e implantação.

A Assetj já vem preparando a formulação dessa lei que será essencial para valorização do cargo que representa a maior parcela dos servidores do TJSP. Durante o encontro foram discutidas possíveis formas de implantação do nível universitário e o impacto financeiro no orçamento do Tribunal. 

Segundo primeiros levantamentos realizados pela Secretaria de Gerenciamento de Recursos Humanos (SGRH), a maior corte julgadora do mundo conta hoje com cerca de 22584 servidores escreventes na ativa e cerca de 9500 inativos. “Estamos falando de um impacto nos cofres do Tribunal na casa de R$ 58 milhões”, declarou a secretária da Secretaria de Planejamento de Recursos Humanos (SPRH), Lilian Salvador. Neste cálculo já está descontado servidores que se beneficiam do (AQ) Adicional de Qualificação, implantado com o Plano de Cargos e Carreiras.

“Um dos grandes problemas do serviço público é que as pessoas com nível superior terão que fazer desde os serviços mais complexos até os mais simples e podem ficar desmotivados com esses procedimentos mais simples.” alertou ainda Lilian sobre questões praticas da implantação da medida.

De acordo com o presidente da Assetj José Gozze, os escreventes representam hoje uma das funções mais importantes para o funcionamento da Justiça e devem ser reconhecidos e valorizados. “É impreenscindível que o escrevente tenha nível superior, pois eles fazem a ponte entre o cidadão e os magistrados, além de toda organização e suporte administrativo aos fóruns, trabalham diretamente em audiências ao lado de juízes e promotores. Temos que valorizar essa função tão importante para o Tribunal”, afirmou. 

Juntamente à Assetj, participaram da reunião as entidades Apatej, Assojuris, Assojubs e Sintrajus. Representando o TJSP estavam presentes os juízes assessores Roberto Chiminazzo Jr. e Fernando Awensztern Pavlovsky, a secretária de Planejamento de Recursos Humanos (SPRH), Lilian Salvador Paula e secretária de Gerenciamento de Recursos Humanos (SGRH) Diva Helena da Motta Barreto.

TJSP e Comissão dos Escreventes voltarão a se reunir em 15 de setembro, às 14 horas para andamento neste assunto.

 
 
 
26/6/2019 - Assetj
Audiência Pública discute Reforma da Previdência

A luta é para que essa Reforma não seja votada.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
3/5/2019 - Assetj
Tribunal pretende extinguir auxílio de R$336 com “TJSP Saúde”---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
18/5/2019 - Assetj
Servidores exigem reposição inflacionária e diálogo com TJSP---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
9/5/2019 - José Gozze
Carta aberta ao Ministro Paulo Guedes ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
26/4/2019 - Assetj
Frente Parlamentar em Defesa das Aposentadorias é lançada em São Paulo---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
26/4/2019 - Pública Central do Servidor
Pública Central do Servidor realiza a primeira reunião da nova diretoria executiva---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
9/5/2019 - Pública Central do Servidor
Pública Central do Servidor participa de Lançamento de Frente Parlamentar---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
4/5/2019 - Pública Central do Servidor
Pública Central do Servidor apoia e participa da Greve da Educação---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Filiada à:
            
 
 
Links úteis:
        
      
 
 
 
Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
Rua Tabatinguera, 91 - São Paulo - SP - Cep 01020-001 - Fone: (11) 3291-4077
 
 
Agenda eletrônica