Assembleia Geral é marcada por atos contra Reforma da Previdência e luta por reposição salarial
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
10/3/2017 - Assetj / Por Marianna Oliveira
 
FOTO MARIANNA OLIVEIRA
A praça cheia de gente trouxe lembranças de grandes vitórias conquistadas no local

Quem acompanha as lutas dos funcionários do Judiciário sabe que a Praça João Mendes já foi palco de grandes e históricos atos em prol da categoria. Na tarde de hoje (10), quem esteve presente na região central de São Paulo, percebeu que o cenário foi de grande manifestação. Cerca de 600 servidores, aposentados, a Assetj e demais entidades representativas do Judiciário estiveram presentes para a Assembleia Geral de 2017. 

A medida em que os ônibus e caravanas iam chegando do estado inteiro, as entidades foram atualizando os servidores sobre a pauta da Campanha Salarial e o calendário de luta que deve ser seguido durante o ano. Tendo em vista todos os problemas políticos que o Brasil está enfrentando, as indignações contra a Reforma da Previdência foram comuns no dia de hoje. Placas, cartazes e palavras de ordem foram expostos durante a Assembleia e o tema também foi discutido entre os servidores antes ato começar.

Às 14h, o vice-presidente da Assetj Sylvio Micelli, deu início à Assembleia agradecendo a presença de todos, principalmente aos servidores de cidades distantes. “Quanto mais a gente cerrar fileiras na luta, mais a gente vai ampliando a nossa força”, reforçou Micelli. Em seguida, passou a palavra para o deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL), que sempre marca presença nas mobilizações dos servidores do Judiciário. 

A praça cheia de gente fez com que o deputado lembrasse as grandes vitórias conquistadas no local, como a greve de 2010, e reiterou seu apoio às lutas da categoria. “Recentemente, nós fizemos uma indicação pela Assembleia Legislativa ao presidente do TJ para que ele encaminhe o Projeto de Lei criando nível universitário também para os escreventes, assim como nós conseguimos para os oficiais de justiça em 2015”, frisou Giannazi. Além disso, o deputado reconheceu a necessidade do Tribunal “de pagar a reposição, o reajuste salarial e, sobretudo, a reposição das perdas. O PL 30/13 identifica uma dívida de mais de 10% com os servidores, já tramitou na Alesp e está em regime de urgência para ser votado”.  

Em sua primeira fala, o presidente da Assetj José Gozze mencionou a gravíssima situação do Judiciário, em especial na reposição salarial, e do Congresso Nacional. “Nunca se viu um retrocesso aos trabalhadores, em geral, como o Governo Temer está fazendo. O presidente da Câmara chegou a anunciar que nem precisaria de Justiça do Trabalho”, salientou. Gozze aproveitou para evidenciar a manifestação que está sendo organizada no país inteiro. “Uma das coisas que devemos votar no final da Assembleia é que precisamos encontrar uma forma de juntar todos os servidores, seja na comarca que for, e paralisar no dia 15 de março. Não é uma luta da categoria, é de todos os trabalhadores”, alertou.  

O deputado federal Ivan Valente (PSOL/SP) compareceu à manifestação para prestar apoio aos servidores e fez um discurso emblemático sobre a Reforma da Previdência. “Não estamos na Alemanha, nem na Dinamarca e nem na Suécia. 49 anos de contribuição para atingir o teto que se pode ganhar é um absurdo total. Não é possível o trabalhador rural se aposentar com 65 anos em estados como Nordeste em que a expectativa de vida é de 67 anos. Esse governo não tem legitimidade para pedir qualquer sacrifício para a classe trabalhadora, por isso, a palavra de ordem é ‘Fora, Temer!’”

Ao final, Gozze leu os itens da pauta prioritária e das pautas das comissões que devem ser regulamentados imediatamente pelo Tribunal, e colocou em votação. Todos foram aprovados por unanimidade e serão levados para a reunião com o presidente do TJ, Paulo Dimas Mascaretti, marcada para o dia 15 de março. Foram colocados também aos servidores um calendário de encontro e as bandeiras de luta defendidas pelas entidades. Entre elas, estão: defesa do Iamspe; contra a Reforma da Previdência e Reforma Trabalhista; contra as privatizações e terceirizações dos serviços públicos e aprovação da PEC 526/10 (eleição direta dos presidentes dos tribunais). 

Estiveram presentes servidores das comarcas de Carapicuíba, Itapecerica da Serra, Franca, Santos, São Vicente, Praia Grande, Cerqueira César, Patrocínio Paulista, Ribeirão Preto, São Simão, Andradina, Ilha Solteira, Pereira Barreto, Mirandópolis, Tupi Paulista, Rio Preto, Panorama, Igarapava, Assis, Dracena, Jaú, Tatuí, Campinas, Cubatão, Salto de Pirapora, Diadema, Santo André, São Bernardo, São Caetano, Palmital, Cândido Mota, Pedregulho, Prudente, Mairinque, Sorocaba, Piracicaba, Ilhabela, São Sebastião, Caraguatatuba, Mongaguá, Birigui, Araçatuba, Guarulhos, Presidente Prudente, Itanhaém, Cravinhos e Itu.

 
 
 
6/11/2019 - Assetj
Por 41 a 40 votos, deputados aprovam PL 899 contra os servidores---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
25/10/2019 - Assetj
Vitória em Ação dos Quinquênios---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
4/11/2019 - Fespesp
Servidores e Deputados reunidos contra a Securitização da SPPrev---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
24/10/2019 - CNSP
Nota de repúdio ao governador João Doria---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
31/10/2019 - Pública Central do Servidor
Nota de repúdio às declarações do deputado federal Eduardo Bolsonaro---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
30/10/2019 - CNSP
Entidades entregam Ofício a Deputados Estaduais contra PL 899/2019---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
30/10/2019 - Fespesp
Audiência discute securitização e ameaças às aposentadoria e pensões---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
28/10/2019 - Pública Central do Servidor
Pública homenageia os Servidores Públicos em seu dia---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Filiada à:
            
 
 
Links úteis:
        
      
 
 
 
Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
Rua Tabatinguera, 91 - São Paulo - SP - Cep 01020-001 - Fone: (11) 3291-4077
 
 
Agenda eletrônica
 
 22 Novembro
Excursão Olímpia/ Thermas dos Laranjais
----------------------------------------------
 24 Novembro
6ª Caminhada De Bem com a Vida
----------------------------------------------
 25 Novembro
Ato em Defesa do Serviço Público
----------------------------------------------
 26 Novembro
Ato contra a Reforma da Previdência
----------------------------------------------
 6 Dezembro
Excursão para Capitólio - Minas Gerais
----------------------------------------------