Tribunal de Justiça sem novidades sobre a reposição salarial de 2017
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
15/3/2017 - Assetj / Por Marianna Oliveira
 
FOTO MARIANNA OLIVEIRA
Gozze criticou severamente a posição do TJ em aumentar os auxílios como compensação para não cumprir a data-base

Enquanto parte dos brasileiros lutavam por seus direitos Brasil afora, outra parte estava no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo para discutir os míseros - e tão sonhados - reajustes salariais. A Assetj e demais entidades representativas do Judiciário se reuniram na manhã desta quarta-feira (15), com o presidente do TJ Paulo Dimas de Bellis Mascaretti, para tratar da data-base de 2017. 

Dimas começou a reunião falando sobre sobre os problemas orçamentários do Tribunal junto aos governos Federal e Estadual. Segundo o líder do Judiciário Paulista, a queda da Taxa Selic que impacta nas remunerações do órgão, é uma dificuldade enfrentada em sua gestão. “Em julho, vamos ter uma renegociação de contrato com o Banco do Brasil”, assentou. 

O assunto foi apenas para justificar o não cumprimento dos direitos dos servidores, tais como reposições salariais e antes das entidades questionarem, Dimas adiantou que “o índice em março ficou em 4.67%. Estamos conversando com o Executivo para implementação do percentual”, acrescentou. Em seguida, o presidente anunciou a mesma notícia de dezembro de 2016. “Sem dúvidas, faremos uma reposição nos auxílios-alimentação, saúde e escola. Esses são os trabalhos imediatos. Depois vamos ver como fica a economia do estado". O Tribunal passará a pagar os auxílios da seguinte forma: alimentação R$44,00, saúde R$315,00 e escola R$394,00.

Em contrapartida, Gozze criticou severamente a posição do TJ em aumentar os auxílios como compensação para não cumprir a data-base e desaprovou a majoração no auxílio-saúde: "Isso é uma forma de enganar o servidor. Se levar em conta o quanto aumenta o plano de saúde anualmente, esse valor perde totalmente o sentido. O que o Tribunal está fazendo [com os servidores] é uma brincadeira", enalteceu. Completando sua fala, Gozze esclareceu que “o servidor esperava sair da reunião hoje com o índice da inflação do período, mas ele vai ter apenas a possibilidade de ter R$15 a mais num plano de saúde que ele paga, no mínimo, R$1000”.

Sem sair do tema orçamentário, Dimas lembrou que em 2016, o TJSP fechou com déficit de R$1 bi, o maior da história do Judiciário e reiterou que o Governo Federal não tem dinheiro para encaminhar ao Executivo, mas promete trabalhar para cumprir os 4.7% da inflação. Questionado pelas entidades sobre as reposições passadas, o presidente do TJ foi categórico: “O foco é implementar o percentual deste ano. Estamos aberto para discussões e reuniões sobre o assunto, mas é importante lembrar que existe uma crise por trás da econômica. Nós somos um órgão que depende financeiramente de outro poder”, relatou.

As entidades informaram a Dimas e aos juízes assessores que uma outra Assembleia Geral está marcada para o dia 5 de maio, e por isso, seria de extrema relevância que o Tribunal analise a pauta, encaminhe para as comissões necessárias e dê um retorno até a data da mobilização sobre os itens exigidos pelos servidores. Em resposta, o líder do Judiciário Paulista explicou que pode parecer que o Tribunal não dá atenção para essas questões mas isso é mentira. "Tudo depende de dinheiro. Se for assim, sem examinar, vamos falar sempre ‘não não não’, e nós não queremos falar não. Eu sei que os servidores entendem isso”, finalizou. 

Representando o TJ, estiveram presentes o desembargador Antônio Carlos Malheiros, os juízes assessores da presidência, Fernando Awensztern Pavlovsky, Fernando Figueiredo Bartoletti, Roberto Chiminazzo Júnior, a secretária de Planejamento de Recursos Humanos (SPRH), Lilian Salvador Paula e a secretária de Gerenciamento de Recursos Humanos, Diva Helena da Motta Barreto.

 
 
 
20/3/2019 - Carta Capital
Assetj presente no lançamento da Frente Parlamentar em Defesa da Previdência

Trinta senadores e noventa deputados assinaram o texto até agora, além de mais de 100 entidades de classes

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
21/3/2019 - Assetj
Tribunal divulga índice de reposição salarial: 3,94%

Estaremos na Praça discutindo os itens da Campanha Salarial e exigindo o pagamento dos 16,89% que são devidos aos servidores. 

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
23/3/2019 - Assetj
Em assembleia, servidores aprovam pauta reivindicatória de 2019

 Os mais de 300 servidores do Poder Judiciário aprovaram nesta sexta-feira a pauta reivindicatória, que será protocolada pela Fespesp no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo na próximo dia 25.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
20/3/2019 - Assetj
Assetj realiza 29ª Edição dos Jogos do Judiciário

Assetj realizou a 29ª edição dos Jogos do Judiciário, levando cerca de 200 participantes para a Praia Grande.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
23/3/2019 - Fespesp
Brasileiros unidos contra a Reforma da Previdência---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
11/3/2019 - Frente Paulista em Defesa da Previdência Social
Lançamento da Frente Paulista em Defesa da Previdência Social

O evento aconteceu na Câmara Municipal de São Paulo, Plenário Prestes Maia e contou com a presença de representantes de associações, sindicatos, federações, confederações, movimentos e centrais do serviço público e trabalhadores do regime geral.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
23/3/2019 - Assetj
Frente Paulista realizará Audiência Pública contra a Reforma da Previdência

Todas entidades e movimentos estão convidados e devem levar o maior número de membros da sua base.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Filiada à:
            
 
 
Links úteis:
        
      
 
 
 
Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
Rua Tabatinguera, 91 - São Paulo - SP - Cep 01020-001 - Fone: (11) 3291-4077
 
 
Agenda eletrônica
 
 25 Março
Audiência Pública da Frente Paulista
----------------------------------------------
 4 Abril
Almoço dos Aposentados
----------------------------------------------
 10 Maio
Assembleia Geral dos Servidores
----------------------------------------------