​Líder do Governo recebe entidades representativas para debater PL que congela gastos públicos estaduais
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
23/11/2017 - Assetj / Por Marianna Oliveira
 
FOTO MARIANNA OLIVEIRA
O encontro aconteceu após a pressão que as lideranças fizeram em frente ao Colégio de Líderes na última terça-feira.

Na tarde de ontem, 22 de novembro, o líder do governo na Assembleia Legislativa, Barros Munhoz, se reuniu com as centrais sindicais e entidades representativas de servidores públicos para esclarecer o andamento do Projeto de Lei 920, de autoria de Geraldo Alckmin. Os deputados Coronel Telhada (PSDB) e Coronel Camilo (PSD) também compuseram a mesa junto a Munhoz.

O encontro aconteceu após a pressão que as lideranças fizeram em frente ao Colégio de Líderes na última terça-feira.

Foi apresentado uma minuta de emenda ao projeto afim de aprovar o texto sem mexer nos direitos dos servidores, tais como licença-prêmio, adicional de insalubridade, férias e adicional por tempo de serviço. Entretanto, os representantes insistiram na retirada do PL da Casa e falaram como ele pode afetar o funcionamento de cada serviço público, se aprovado.

José Gozze representou a Pública, Fespesp e Assetj, e foi contundente ao dizer sobre a possibilidade de greve geral caso o PL não seja retirado. "Um projeto como esse não tem perspectiva se não a retirada dele. A condição de reajuste nesse substitutivo fala apenas da possibilidade de [reajuste], mas não dá garantia. E essa garantia quem vai buscar somos nós, e para isso, vamos paralisar o estado de São Paulo", concluiu.

Os deputados não comentaram nenhuma das considerações feitas pelas entidades. Ao final, Barros Munhoz garantiu que o Projeto não passa pela aprovação do jeito que está. "Falar em congelamento sem dar reajuste há três, quatro, cinco anos, como foi dito aqui, é óbvio que o processo está invertido". Munhoz informou ainda que o próximo passo é levar as explanações a os deputados e em seguida, ao Governo Estadual.

Ao final, as entidades conversaram sobre a manifestação marcada para o dia 28 de novembro, também na Assembleia Legislativa. Participarão do ato representantes de entidades ligadas à Comissão Consultiva do Iamspe.

 
 
 
10/6/2019 - Celso Giannazi
Assetj participa de debate A Farsa da Previdência---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6/6/2019 - Assetj
Servidores de Ribeirão na luta pela Reposição Salarial---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6/6/2019 - Assetj
Pública participa de Plenária preparatória da Greve Geral---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
4/6/2019 - Assetj
TJSP abre inscrições para remoção---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
31/5/2019 - Assetj
Servidora morre durante expediente no Fórum de Sorocaba---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
26/6/2019 - Assetj
Audiência Pública discute Reforma da Previdência

A luta é para que essa Reforma não seja votada.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
4/6/2019 - Assetj
Assetj participa de Sessão Solene no Dia do Escrevente---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
29/5/2019 - Pública Central do Servidor
Fonacate protocola 10 emendas à PEC da Reforma da Previdência

Desconstitucionalização das regras previdenciárias, idade mínima, regras de transição, pensão por morte, alíquotas de contribuição dos servidores públicos são alguns temas das emendas elaboradas pelo Fórum.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Filiada à:
            
 
 
Links úteis:
        
      
 
 
 
Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
Rua Tabatinguera, 91 - São Paulo - SP - Cep 01020-001 - Fone: (11) 3291-4077
 
 
Agenda eletrônica