TJSP cumpre Constituição e autoriza novo cálculo de contribuição
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
31/10/2018 - Assetj / Por Assetj
 

Cumprindo o Art. 40, § 21, da Constituição Federal de 1988, e no art. 4º, §§ 1º e 2º, do Decreto Estadual nº 52.859, de 2 de abril de 2008, o presidente do Tribunal de Justiça do estado de São Paulo, Manoel de Queiroz Pereira Calças, determina que servidores públicos do Judiciário com doenças graves tenham sua contribuição previdenciária recalculada. A Portaria nº 9.662/2018 foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico de ontem (30).

Atualmente, ativos e inativos contribuem com 11% dos vencimentos. Com a nova regra, fica estabelecido que o cálculo deve ser baseado no teto do Regime Geral da Previdência Social (RGPS). Os 11% serão calculados do resultado do salário atual menos o teto de aposentadoria do INSS multiplicado por dois. 

Como exemplo:

Servidor com salário de R$ 12.000

Contribuição atual 11% = R$ 1320,00

 

 

Novo cálculo

Teto do RGPS ---------------------------- R$ 5645,81

Duas vezes (x) -------------------------- R$ 11.291,62

Salário menos teto duas vezes ----- R$ 708,38

11% do valor --------------------------- R$ 77,92

 

Os servidores que comunicaram o TJSP sobre doenças graves serão ressarcidos de forma retroativa em uma única parcela. Aqueles que entraram com ações judiciais não serão contemplados com o devolução retroativa.

Segundo a Secretaria de Gestão de Pessoas ainda não há previsão para o início dos pagamentos e no momento não há definição de ordem.

 

São consideradas doenças graves: Tuberculose ativa, Hanseníase, Alienação mental, Esclerose múltipla, Hepatopatia grave, Neoplasia maligna (câncer), Cegueira, Paralisia irreversível e incapacitante, Cardiopatia grave, Doença de Parkinson, Espondiloartrose anquilosante, Nefropatia grave, Estado avançado da doença de Paget (osteíte deformante), Síndrome da deficiência imunológica adquirida (AIDS) ou contaminação por radiação.

 

Leia a portaria:

PORTARIA nº 9.662/2018 

Dispõe sobre a restituição das contribuições previdenciárias descontadas a maior na folha de pagamento dos servidores e magistrados inativos (art. 40, §21, CF/1988), em substituição ao procedimento previsto pelo art. 3º, §2º, da Portaria nº 9.595/2018, expedida pela Presidência do Tribunal de Justiça. O Desembargador MANOEL DE QUEIROZ PEREIRA CALÇAS, Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais, CONSIDERANDO o disposto no art. 40, § 21, da Constituição Federal de 1.988, e no art. 4º, §§ 1º e 2º, do Decreto Estadual nº 52.859, de 2 de abril de 2008; 

CONSIDERANDO a necessidade de readequação dos procedimentos referentes aos pedidos de isenção formulados com base nas referidas normas, por magistrados e servidores inativos; e CONSIDERANDO a necessidade de alterar o procedimento de repetição do indébito previsto pelo art. 3º, §2º, da Portaria nº 9.595/2018 da Presidência do Tribunal de Justiça, de modo a garantir aos beneficiados o efetivo recebimento do crédito apurado, em observância ao princípio constitucional da isonomia.

RESOLVE: Art. 1º – O §2º do art. 3º da Portaria nº 9.595/2018, expedida pela Presidência do Tribunal de Justiça, passa a vigorar com a seguinte redação:

“§2º Os valores recolhidos a maior no período que anteceder a implantação da isenção parcial, apurados na forma do parágrafo anterior, serão restituídos em pecúnia, em parcela única.” 

Art. 2º – Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, aplicando-se, inclusive, aos procedimentos de repetição de indébito em andamento, quando pertinentes à hipótese tratada pelo art. 40, §21, da Constituição Federal de 1988. REGISTRE-SE. PUBLIQUE-SE. CUMPRA-SE.

São Paulo, 18 de setembro de 2018. (a) MANOEL DE QUEIROZ PEREIRA CALÇAS, Presidente do Tribunal de Justiça

 

 
 
 
21/11/2018 - Assetj
Assetj presente na pressão ao TJSP

Definindo mais uma quarta-feira de luta, a Assetj e as entidades representativas estiveram no Palácio da Justiça para cobrar um retorno da presidência em agendar uma mesa de negociação.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
13/12/2018 - Assetj
Última reunião do ano adia decisões do TJSP para fevereiro de 2019

Como esperado, nenhum dos itens da Campanha Salarial está na pauta do TJSP para resolução nos próximos dias ou meses. Os juízes assessores informaram que os itens serão discutidos e somente em fevereiro marcarão nova reunião.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
15/11/2018 - Assetj
TJSP nega reunião com as entidades

Lideranças de associações foram rechaçadas pela Polícia Militar

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
20/11/2018 - Assetj
José Gozze e Julio Bonafonte entregam manifesto a deputados em Brasília

Carta também foi entregue ao deputado Arnaldo Faria de Sá, que permanece defendendo uma previdência justa

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
12/12/2018 - Assetj
Última sessão do Órgão Especial sem retorno do TJSP

Mais uma vez, foram recebidos apenas por juízes assessores, em nome do presidente do Tribunal de Justiça Manoel de Queiroz Pereira Calças, e informaram que os pedidos foram protocolados, mas que não há previsão de agendamento.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6/12/2018 - Assetj
Entidades presentes em mais uma quarta-feira de luta

O diretor Geraldo Carvalho Jr. representou a Assetj neste último ato.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6/12/2018 - Assetj
Assetj presente na Comissão de Saúde da Alesp

Na última terça-feira (4), a Assetj esteve na Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de São Paulo, representada por sua diretora Margarida Falcão e seu conselheiro José Carlos Galbiatti.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Filiada à:
            
 
 
Links úteis:
        
      
 
 
 
Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
Rua Tabatinguera, 91 - São Paulo - SP - Cep 01020-001 - Fone: (11) 3291-4077
 
 
Agenda eletrônica
 
 21 Dezembro
Encerramento atividades 2018
----------------------------------------------
 3 Janeiro
Início das atividades Assetj
----------------------------------------------