Julio Bonafonte: mais uma vitória nos precatórios
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
14/8/2013 - Assetj / Por Raquel Munhoz
 
FOTO DIVULGAÇÃO

O presidente do Conselho Deliberativo, Julio Bonafonte, conquistou no Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) a correção monetária no período entre a data de elaboração do cálculo da Requisição de Pequeno Valor (RPV) e a sua expedição para pagamento.

Bonafonte falou em nome de mais de 700 mil credores de precatórios de todo o Brasil na sustentação oral em defesa do caso da servidora pública gaúcha, Fátima Rossí Camargo Bedini. A servidora requeria as diferenças remuneratórias relativas à retroação de suas promoções. O pedido foi atendido e o Estado do Rio Grande do Sul foi condenado a pagar os valores das parcelas atrasadas desde as datas de reconhecimento do direito, com reflexos em todas as vantagens: 13º salário, férias, atualização monetária, juros e honorários advocatícios.

Antes da decisão seguir para o Supremo, a autora pediu a remessa dos autos ao contador do Foro para a atualização do cálculo, acrescido de juros e correção monetária do período, mas a primeira instância negou o pedido.

Relatado pelo ministro Joaquim Barbosa, a Suprema Corte reconheceu o direito da servidora para recebimento dos valores referentes a RPV devida pelo governo gaúcho com correção monetária, desde o seu cálculo final até sua expedição. A Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP) e Associação Nacional dos Servidores do Judiciário (ANSJ) foram representadas por Julio Bonafonte na condição de Amicus curiae, ou seja, dando o apoio necessário à causa.

Estado não paga credores

Mais uma luta é travada em prol do pagamento de precatórios.

Julio Bonafonte defende o pagamento da Proposta de Súmula Vinculante 59, revisão da Súmula 17 do STF. O que resta pendente, mas deverá seguir o mesmo comando, é a correta aplicação da Súmula aos precatórios alimentares anteriores a E.C. 62/09. Nela está prevista a aplicação de Juros moratórios entre a data da inclusão no orçamento (1º de julho) e o final do exercício seguinte (31 de dezembro). São 18 meses a 0,5% ao mês, correspondentes a 9% que o Estado de São Paulo não quer pagar aos credores.

O que ocorre há mais de uma década é que os entes públicos, não cumpriram o prazo constitucional, implantando um verdadeiro calote oficial. Aqueles que não honrarem o pagamento dos precatórios apresentados até 1º de julho, devem sofrer a penalidade/sanção, com a incidência dos juros moratórios no período.

A correção deve ser feita no recebimento

O pagamento dos precatórios não é um privilégio aos credores e sim um dever do estado, previsto em Constituição.

No recente julgamento em defesa da servidora Fátima Rossi Camargo Bedini, Julio Bonafonte teve oportunidade na sustentação oral de alertar o Ministro Joaquim Barbosa e demais Ministros que é inadmissível não cumprir a decisão judicial, que determina o pagamento dos juros moratórios e a correção monetária.

O estado do Rio Grande do Sul buscava indevidamente a isenção da correção monetária entre a data do cálculo e a expedição da Requisição de Pequeno Valor (RPV). Não querer pagar os juros moratórios entre a data da conta e a expedição do precatório pode se transformar em conduta desleal processual.

A decisão foi fundamental para orientar e ordenar todo o Brasil como os entes públicos devedores devem atuar para o correto pagamento dos Precatórios Alimentares e RPV, dando um basta em tentativas de novas modalidades de calotes supressivos do crédito.

 
 
 
19/9/2019 - Assetj
Servidores pressionam juízas do TJSP pelo pagamento de atrasados e nomeação de concursados---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
25/9/2019 - Pública Central do Servidor
STF decide: “Não cabe indenização por falta de revisão de vencimentos”---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
22/9/2019 - Pública Central do Servidor
Reformas sob a perspectiva do Presidente da Pública, José Gozze---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
30/9/2019 - Assetj
Audiência Pública contra o PL 899/2019 na Alesp

De iniciativa do deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL) e do presidente da Pública, José Gozze, a Audiência Contra o Calote dos Precatórios foi realizada na noite desta segunda-feira (30), no Plenário José Bonifácio da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
5/10/2019 - Assessoria da Deputada Alice Portugal
Bolsonaro é desmentido por Servidores públicos---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
7/10/2019 - CNSP
Vitória da CNSP no STF: Índice de correção de precatórios a partir de junho de 2009 será o IPCA-E---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
2/10/2019 - Pública Central do Servidor
Lewandowski suspende contribuição sindical patronal e de trabalhadores---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Filiada à:
            
 
 
Links úteis:
        
      
 
 
 
Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
Rua Tabatinguera, 91 - São Paulo - SP - Cep 01020-001 - Fone: (11) 3291-4077
 
 
Agenda eletrônica
 
 28 Outubro
Dia do Servidor Público
----------------------------------------------