Julio Bonafonte: mais uma vitória nos precatórios
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
14/8/2013 - Assetj / Por Raquel Munhoz
 
FOTO DIVULGAÇÃO

O presidente do Conselho Deliberativo, Julio Bonafonte, conquistou no Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) a correção monetária no período entre a data de elaboração do cálculo da Requisição de Pequeno Valor (RPV) e a sua expedição para pagamento.

Bonafonte falou em nome de mais de 700 mil credores de precatórios de todo o Brasil na sustentação oral em defesa do caso da servidora pública gaúcha, Fátima Rossí Camargo Bedini. A servidora requeria as diferenças remuneratórias relativas à retroação de suas promoções. O pedido foi atendido e o Estado do Rio Grande do Sul foi condenado a pagar os valores das parcelas atrasadas desde as datas de reconhecimento do direito, com reflexos em todas as vantagens: 13º salário, férias, atualização monetária, juros e honorários advocatícios.

Antes da decisão seguir para o Supremo, a autora pediu a remessa dos autos ao contador do Foro para a atualização do cálculo, acrescido de juros e correção monetária do período, mas a primeira instância negou o pedido.

Relatado pelo ministro Joaquim Barbosa, a Suprema Corte reconheceu o direito da servidora para recebimento dos valores referentes a RPV devida pelo governo gaúcho com correção monetária, desde o seu cálculo final até sua expedição. A Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP) e Associação Nacional dos Servidores do Judiciário (ANSJ) foram representadas por Julio Bonafonte na condição de Amicus curiae, ou seja, dando o apoio necessário à causa.

Estado não paga credores

Mais uma luta é travada em prol do pagamento de precatórios.

Julio Bonafonte defende o pagamento da Proposta de Súmula Vinculante 59, revisão da Súmula 17 do STF. O que resta pendente, mas deverá seguir o mesmo comando, é a correta aplicação da Súmula aos precatórios alimentares anteriores a E.C. 62/09. Nela está prevista a aplicação de Juros moratórios entre a data da inclusão no orçamento (1º de julho) e o final do exercício seguinte (31 de dezembro). São 18 meses a 0,5% ao mês, correspondentes a 9% que o Estado de São Paulo não quer pagar aos credores.

O que ocorre há mais de uma década é que os entes públicos, não cumpriram o prazo constitucional, implantando um verdadeiro calote oficial. Aqueles que não honrarem o pagamento dos precatórios apresentados até 1º de julho, devem sofrer a penalidade/sanção, com a incidência dos juros moratórios no período.

A correção deve ser feita no recebimento

O pagamento dos precatórios não é um privilégio aos credores e sim um dever do estado, previsto em Constituição.

No recente julgamento em defesa da servidora Fátima Rossi Camargo Bedini, Julio Bonafonte teve oportunidade na sustentação oral de alertar o Ministro Joaquim Barbosa e demais Ministros que é inadmissível não cumprir a decisão judicial, que determina o pagamento dos juros moratórios e a correção monetária.

O estado do Rio Grande do Sul buscava indevidamente a isenção da correção monetária entre a data do cálculo e a expedição da Requisição de Pequeno Valor (RPV). Não querer pagar os juros moratórios entre a data da conta e a expedição do precatório pode se transformar em conduta desleal processual.

A decisão foi fundamental para orientar e ordenar todo o Brasil como os entes públicos devedores devem atuar para o correto pagamento dos Precatórios Alimentares e RPV, dando um basta em tentativas de novas modalidades de calotes supressivos do crédito.

 
 
 
10/6/2019 - Celso Giannazi
Assetj participa de debate A Farsa da Previdência---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6/6/2019 - Assetj
Servidores de Ribeirão na luta pela Reposição Salarial---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6/6/2019 - Assetj
Pública participa de Plenária preparatória da Greve Geral---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
4/6/2019 - Assetj
TJSP abre inscrições para remoção---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
31/5/2019 - Assetj
Servidora morre durante expediente no Fórum de Sorocaba---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
26/6/2019 - Assetj
Audiência Pública discute Reforma da Previdência

A luta é para que essa Reforma não seja votada.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
4/6/2019 - Assetj
Assetj participa de Sessão Solene no Dia do Escrevente---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
29/5/2019 - Pública Central do Servidor
Fonacate protocola 10 emendas à PEC da Reforma da Previdência

Desconstitucionalização das regras previdenciárias, idade mínima, regras de transição, pensão por morte, alíquotas de contribuição dos servidores públicos são alguns temas das emendas elaboradas pelo Fórum.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Filiada à:
            
 
 
Links úteis:
        
      
 
 
 
Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
Rua Tabatinguera, 91 - São Paulo - SP - Cep 01020-001 - Fone: (11) 3291-4077
 
 
Agenda eletrônica